segunda-feira, 27 de maio de 2024
Login

Sip E E1: Comparando As Principais Diferenças

Dummy

Com a crescente tecnologia, é muito comum que não se conheça tudo de novo que está surgindo no mercado. Porém, uma coisa é certa: quando novas formas de tecnologia surgem, outras acabam ficando um pouco para trás e deixam de nos oferecer tudo o que precisamos em excelente qualidade. Este é o caso da SIP e E1, duas formas de telefonia com benefícios e vantagens para vários tipos de operações, com a diferença de que uma delas é mais nova e vem crescendo em um ritmo absurdo nos últimos tempos.

As diferenças principais

Como tudo na vida, comparações podem sempre nos ajudar a escolher aquilo que é melhor para nós. Não é diferente com a telefonia e, por isso, este tópico foi criado para você compreender de forma transparente a diferença entre essas duas formas de circuito utilizados para ligações.

A parte tecnológica

Sempre há uma parte dos serviços existentes que não podemos ver. Acontece que simplesmente por não nos ser palpável, não significa que ela não exista e seja menos importante. Aliás, muito pelo contrário. Quando se compara SIP e E1, este é um fator bastante importante para perceber as vantagens que uma tecnologia acaba tendo sobre a outra.

A telefonia E1 é baseada em um circuito VoIP extremamente interessante e eficiente cujo tráfego de informações acontece de forma clara e precisa via Internet.

A telefonia SIP, por outro lado, não se baseia no mesmo sistema e as informações são entregues por meio de uma rede privada, ou seja, de LAN para LAN. Além disso, o endereçamento IP é feito de forma bem confiável, de ponto a ponto.

A camada física

Uma vez que a parte tecnológica não nos é visível e, provavelmente, é de mais fácil entendimento para quem entende do assunto, uma boa comparação a ser feita é sobre aquilo que qualquer um pode ver. Logo, toda a parte física desses dois circuitos também apresenta diferenças relativamente importantes na hora de se escolher o melhor para você.

A telefonia SIP é capaz de reduzir os consumo de energia de forma eficaz e satisfatória, uma vez que é entregue por meio de fibra óptica, ocupando bem menos espaço que o circuito E1, por exemplo, que usa muitos cabos para funcionar plenamente e pode ser substituído por um único aparelho, fazendo você economizar muito mais com a manutenção se algo der errado em algum momento.

Qualidade e adequação

É muito comum haver confusão neste aspecto quando se fala de SIP e E1. A verdade é que ambas têm a mesma qualidade na reprodução de áudio, nenhuma delas vai te fazer passar por um aperto no momento de uma ligação importante e tudo pode ser perfeitamente entendido com clareza.

O ponto que as difere neste tópico é a adequação para empresas que querem fazer muitas ligações internas e externas, entre parceiros e clientes sem querer gastar muito e com boa velocidade de conexão. A E1, neste caso, perde para a SIP, porque esta é bem mais rápida e tem uma discagem instantânea, o que pode ter uma grande diferença na questão da produtividade para os Call Centers, por exemplo.

Custo

Muitas operadoras brasileiras entregam sim o SIP com extrema qualidade e com todos os benefícios aqui citados. O que ocorre é que elas entregam esse circuito com uma ponta gateway E1, o que faz com que o cliente gaste mais ao lidar com o custo de se contratar um E1, o que, convenhamos, não é nada útil se você procura agilidade.

As centrais mais modernas não necessitam de uma entrada E1 para se conectar a uma SIP. Este é um problema que deve ser tratado rapidamente, já que este custo pode ser excessivo e desnecessário para sua empresa.

Dentre as centrais que não precisam da interface E1 para funcionar com eficácia, estão:

  • Skype for Business;
  • Asterisk;
  • Snep;
  • Issabel;
  • Cisco;
  • Avaya.

Considerações finais

É provável que você não conhecia as diferenças entre SIP e E1 e, agora que conhece, está cogitando sobre o melhor para o seu negócio em relação ao custo e benefício, certo? Utilize novas tecnologias para uma melhor experiência e economize na área telefônica ainda hoje! Entre em contato com a Omnismart e veja como podemos ajudar.


Gabriel Souza

Gabriel Souza é um publicitário especializado em jornalismo com uma paixão por contar histórias impactantes. Com formação acadêmica pela renomada Faculdade de Comunicação e Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Gabriel possui um olhar estratégico afiado e criatividade inesgotável. Sua experiência profissional inclui trabalhos em grandes agências de publicidade, onde desenvolveu campanhas de sucesso para marcas líderes do mercado
Dummy

Últimas Notícias

Todos os direitos reservados OmniSmart®